Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/comunidadepovo/public_html/includes/BancoDeDados.php on line 6
Comunidade Povo Livre
/ Edificacao / OS BENEFÍCIOS DE FAZER PARTE DA FAMÍLIA DE DEUS
Imprimir notícia

Tamanho da letra

05/08/2015 às 12:24 por Edificacao
OS BENEFÍCIOS DE FAZER PARTE DA FAMÍLIA DE DEUS
Texto: Ef. 2. 19
créditos: Comunidade Povo Livre

Ef. 2. 19 Assim, já não sois estrangeiros e peregrinos, mas concidadãos dos santos, e sois da família de Deus,

INTRODUÇÃO:

Você foi formado para ser parte da família de Deus.

        Deus quer uma família, e criou você para ser parte dela. Esse é o segundo propósito de Deus para sua vida, o qual planejou antes que você nascesse. Toda a Bíblia é a história de Deus formando uma família que irá amá-lo, honrá-lo e reinar com ele para sempre. Ela diz: Seu plano imutável sempre foi nos adotar para a sua própria família, trazendo-nos a si mesmo por meio de Jesus Cristo. E isso lhe trouxe grande prazer.

João 1:2

Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome;

Necessário nascer de novo, é necessário o novo nascimento.

Jesus era o UNIGENITO, AGORA É O PRIMOGENITO.

 

Deus sempre existiu e sempre teve um relacionamento amoroso consigo mesmo; logo, ele nunca esteve só. Ele não precisava de uma família, mas desejou uma; então arquitetou um plano para nos criar, trazer-nos para sua família e dividir conosco tudo o que possui (herança). Isso dá a Deus um grande prazer.

A Bíblia diz: Foi para ele um dia feliz quando nos deu nossa vida nova, por meio da verdade de sua Palavra; e nós nos tornamos, por assim dizer, os primeiros filhos de sua nova família.

 

         Quando colocamos nossa fé em Cristo, Deus se torna nosso Pai, nós nos tornamos seus filhos e os outros crentes se tornam nossos irmãos e irmãs; e a igreja se torna nossa família espiritual. A família de Deus inclui todos os crentes do passado, do presente e do futuro. Cada ser humano foi criado por Deus, mas nem todos são filhos de Deus.

 

A única forma de entrar na família de Deus é nascendo novamente dentro dela. Você não se torna parte da família humana no seu primeiro nascimento, mas se torna membro da família de Deus pelo segundo nascimento. Deus nos deu o privilégio de nascermos de novo, de modo que agora somos membros da família do próprio Deus.

 

         O convite para sermos parte da família de Deus é universal, mas há uma condição: a fé em Jesus. A Bíblia diz: Todos vocês são filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus.

 

        Sua família espiritual é ainda mais importante que sua família física, porque durará para sempre. Nossas famílias na terra são maravilhosas dádivas de Deus, mas são temporárias e frágeis; freqüentemente rompidas pelo divórcio, à distância, a velhice e inevitavelmente a morte.

No entanto, nossa família espiritual ? o nosso relacionamento com os outros crentes ? irá continuar pela eternidade afora. É uma união muito mais forte, um laço mais permanente do que parentesco de sangue.

 

Os benefícios de fazer parte da família de Deus:

1- Na Família de Deus mantemos o Fervor Espiritual

No momento em que nasceu espiritualmente na família de Deus, você recebeu alguns presentes espantosos: o nome da família, a aparência da família, os privilégios da família, o acesso à intimidade da família e a herança da família! A Bíblia diz: Por ser filho, Deus também o tornou herdeiro.

Quem coloca Deus em segundo lugar jamais conhecerá o seu coração. Porque a intimidade do Senhor é para aqueles que o colocam em primeiro lugar em todas as coisas, inclusive na adoração congregacional.

 

Posso te garantir que por mais que você seja um adorador do Senhor você jamais conseguirá adorar tão profundamente sozinho do que quando estiver junto dos irmãos. Quando estamos reunidos como Igreja, podemos receber algo diferente do que quando estamos sozinhos buscando a Deus, temos que buscar a Deus sozinhos também, mas quando a família de Deus se reúne, Deus se manifesta de uma forma diferente e mais poderosa.

Por isso quando estamos reunidos como Igreja o nosso espírito mantém se aceso, e continuamos fervorosos de espírito.

        Não é difícil imaginar o que acontece com uma brasa sozinha, fora do braseiro. Você percebe que cada vez que nos reunimos estamos nos aquecendo mutuamente? Só de encontrar um irmão e ganhar um abraço o seu espírito já é aquecido.

 

2- Na Família de Deus Recebemos Bênçãos Espirituais

Atos 1 4E, comendo com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, a qual, disse ele, de mim ouvistes. 5Porque João, na verdade, batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias.

Atos 2 A descida do Espírito Santo

1 Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar; 2 de repente, veio do céu um som, como de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam assentados. 3 E apareceram, distribuídas entre eles, línguas, como de fogo, e pousou uma sobre cada um deles. 4 Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem.

       

Você sabia que os discípulos perseveraram se reunindo juntos no cenáculo até serem revestidos do poder do Espírito Santo? Fico pensando se um daqueles 120 tivesse faltado justamente no dia que o Espírito veio. Que perda não teria sido!

No Pentecoste, os 120 irmãosreceberam porque estava na hora certa e no lugar certo. Posso te dizer que você não pode estar em um lugar melhor que este neste momento

       

A unção que se manifesta na comunhão é maior do que a unção individual. Se eu junto a minha unção com a sua unção já temos uma unção maior.

Por isso o Senhor disse que ?onde houver dois ou três reunidos no nome dele, ali ele estará no meio deles? (Mt 18.20).

No decorrer dos anos temos aprendido que existe uma graça que é liberada sobre nós individualmente, mas há outro nível de graça e desfrute que somente podemos receber quando estamos reunidos com os irmãos. É a graça coletiva.

 

3- Na Família de Deus Somos Protegidos Espiritualmente

       ?Melhor é serem dois do que um... Porque se caírem, um levanta o companheiro; ai, porém, do que estiver só; pois, caindo, não haverá quem o levante. Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só, como se aquentará? Se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; o cordão de três dobras não se rebenta com facilidade.? (Ec 4.9-12)

A Igreja é que nos fornece uma cobertura para a nossa vida espiritual aonde os irmãos oram uns pelos outros, pessoas vão nos discipular e nos protegem nos momentos de fraquezas e dificuldades que passamos em meio a nossa caminhada cristã por isso nunca podemos querer levar a vida cristã solitária.

Ex.: Hoje não estou bem não vou para o culto... Para a célula...

        Imagine um soldado que vai sozinho para a guerra. Nenhum soldado vai para à guerra sozinho. No campo de batalha quem guardaria a nossa retaguarda? Na guerra nós nos protegemos mutuamente e lutamos uns pelos outros.

Muitos perigos: Físicos, Biológicos ?Água?,

A comunhão da Igreja é segurança espiritual para você. Por meio dela, seu fogo é mantido e suas batalhas são vencidas. Aprendemos em Eclesiastes que o cordão de três dobras não se rompe facilmente.

A Família de Deus irá impedi-lo de decair.

       Nenhum de nós está imune à tentação. Nas circunstâncias apropriadas, você e eu somos capazes de qualquer pecado. Deus sabe disso, então nos atribuiu individualmente a responsabilidade de mantermos uns aos outros no caminho certo.

A Bíblia diz: Encorajem-se uns aos outros todos os dias [...] de modo que nenhum de vocês seja endurecido pelo engano do pecado. ?Não é da sua conta? não é uma frase cristã.

       

         Somos chamados e ordenados a nos envolver na vida uns dos outros. Se você conhece pessoas que estão vacilando espiritualmente neste exato momento, é sua a responsabilidade de ir atrás delas e trazê-las de volta para a comunhão.

Tiago nos diz: Se vocês conhecerem pessoas que se desviaram da verdade de Deus, não as desprezem. Procurem-nas e tragam-nas de volta.

 

        Um outro benefício da igreja local é que ela também proporciona a proteção espiritual de líderes devotos. Deus dá aos pastores a responsabilidade de guardar, proteger, defender e cuidar do bem estar espiritual de seus fiéis.

 

Foi-nos dito: A responsabilidade deles é zelar por suas almas, e eles sabem que devem prestar contas disso a Deus, Satanás adora crentes afastados, desligados da vida no corpo, isolados da família de Deus e incompreensíveis para os líderes espirituais; porque ele sabe que eles são indefesos e impotentes contra suas estratégias.

 

            Sempre que uma criança nasce, torna-se automaticamente parte da família universal dos seres humanos. Mas essa criança também se torna membro de uma família específica, onde será nutrida, cuidada e crescerá forte e saudável.

 

O mesmo ocorre do ponto de vista espiritual. Quando você nasce de novo, torna-se automaticamente parte da família universal de Deus, mas também precisa se tornar membro de uma versão local da família de Deus.

 

         A diferença entre visitar a igreja e ser membro da igreja está no comprometimento. Visitantes são espectadores que ficam à parte; membros se envolvem no ministério. Visitantes consomem; membros contribuem. Visitantes querem os benefícios que a igreja traz, sem participar das responsabilidades. São como casais que querem viver juntos sem se casar.

 

4- Na Família de Deus Desfrutamos da Comunhão Com Outros Filhos

        Um dos nomes dados pelo Senhor a igreja, é o Corpo de Cristo, constituindo-se Ele como "cabeça do mesmo", "como também Cristo é a cabeça da Igreja" Efésios 5:23.

?Ora, vós sois corpo de Cristo; e, individualmente, membros desse corpo.  (I Co 12:27)

          Deus está mostrando o valor de cada membro e sua importância, pois ao ser parte do corpo, ninguém sobra ou fica sem utilidade, pelo contrario, todos são necessários e ajudam-se mutuamente.

         Exemplo o corpo humano, quando alguém o pisa ou machuca, temos um exemplo de como reage, porque rapidamente a mão ou outras partes do corpo movem-se em auxílio para amenizar o golpe ou acalmar a dor. Da mesma forma nós, como parte do corpo, podemos ajudar-nos mutuamente e nos fortalecermos nos momentos de prova ou dificuldades.

          Se decidimos permanecer tendo unicamente amigos não cristãos e nos desvinculamos dos que são crentes, será arriscado, e o mais fácil e que nos cansemos de nadar contra a corrente e terminemos comportando-nos como eles.

          Para aprender a ter comunhão e formar laços de amizade é preciso vincular-se as atividades da igreja, pois somente ir aos cultos ou reuniões congregacionais não é suficiente.

Se convivermos somente nas reuniões, nossa comunhão será muito superficial. Os contatos informais o ajudarão a mostrar-se como você é, e a conhecer melhor os outros, porque os verão como são em seu ambiente natural.

        Devemos buscar tempo para compartilhar, podemos sair juntos para comer, falar ao telefone, visitar-nos mutuamente e participar das diferentes atividades da igreja, como os encontros, a escola de ministério ou vinculando-nos a um ministério que nos permita explorar os talentos que Deus nos deu.

 

5- Na Família de Deus Aprendemos com os Irmãos Mais Maduros

        A Igreja permite que os diferentes ministérios se desenvolvam. Para tal podemos contar com pessoas com um desenvolvimento espiritual mais elevado que o nosso, com uma maior experiência em seu caminhar com Cristo. Pessoas designadas pelos pastores que podem dar-nos um conselho sábio quando dele precisarmos.

        Devemos estabelecer como princípio, buscar pessoas confiáveis e guiadas por Deus quando virmos que algum pecado ou mau hábito está nos governando, que não o podemos vencer ou que é mais forte que nossa vontade. É preciso buscar a ajuda dessas pessoas para receber um conselho e saber como sair vitorioso do problema ou situação.

        Evite terminantemente buscar quem não conhece a Deus. Eles não possuem a sabedoria divina e podem induzi-Io a tomar decisões das quais se arrependerá mais tarde.

"Os pensamentos do justo são retos; mas os conselhos do ímpio são falsos" (Pv. 12:5).

- Conclusão

Tem pessoas que não dão o devido valor para a Igreja de nosso Senhor Jesus Cristo por que pensam que já estão salvas e se forem aos cultos isso já é o bastante, mas temos que lembrar que Jesus morreu em uma cruz por sua Igreja,que somos nós.

Por isso que a Bíblia diz que Ele vai buscar a sua Igreja os que fazem parte do corpo e não os membros que estão desligados Dele, vale lembrar que todos os apóstolos Pedro, Tiago, João, André e todos os outros inclusive o apóstolo Paulo morreram crendo em uma causa que a Igreja de nosso de nosso Senhor Jesus Cristo.

Por isso temos que entender que a Igreja não é uma opção para os salvos e sim uma obrigação, a Palavra de Deus é clara quando diz ?Não deixeis de congregarmos?.

 BAIXAR



Espalhe por aí


Comentários
Deixe seu comentário