Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/comunidadepovo/public_html/includes/BancoDeDados.php on line 6
Comunidade Povo Livre
/ Edificacao / O Poder da Pressão
Imprimir notícia

Tamanho da letra

01/12/2015 às 08:53 por Edificacao
O Poder da Pressão
Texto: II Coríntios 1:8-10
créditos: Comunidade Povo Livre

Texto: II Coríntios 1:8-10. ?8  Porque não queremos, irmãos, que ignoreis a natureza da tribulação que nos sobreveio na Ásia, porquanto foi acima das nossas forças, a ponto de desesperarmos até da própria vida. 9  Contudo, já em nós mesmos, tivemos a sentença de morte, para que não confiemos em nós, e sim no Deus que ressuscita os mortos; 10  o qual nos livrou e livrará de tão grande morte; em quem temos esperado que ainda continuará a livrar-nos,?

 

Introdução

O tema da nossa palavra hoje é sobre pressão e o texto acima nos mostra uma situação muito ilustrativa do assunto.

Vemos nesta passagem o Apóstolo Paulo falando de sofrimento, de pressão, de angústia, que chegou a um ponto de levá-lo a desesperar-se. Deus permitiu que as aflições dele fossem além das suas forças. Veja que um homem de Deus como Paulo passou por desespero extremo, o que parece improvável para nós entendermos quando se trata de tal apóstolo tão poderoso. A palavra diz que Deus não permite que as tentações sejam além de nossas forças, mas no caso de Paulo Deus permitiu que acontecesse.

A medida do poder que nós temos é igual à medida de pressão pelas quais passamos.

 

Não existe poder de Deus genuíno, sem pressão.

Podemos ter todo tipo de experiência com o poder de Deus através dos dons espirituais, como êxtases, cair no poder, profecia, palavra de conhecimento, línguas estranhas, ficar trêmulo com o poder de Deus e etc.

Um é o poder de Deus para estas manifestações e outro é poder que te levará a romper e avançar como pessoa.

Se as experiências que você tem buscado ou mesmo tido com Deus são apenas experiências místicas, apesar de serem boas e válidas, o propósito do poder de Deus não é te inebriar ou te anestesiar com estas experiências, mas é te levar a ser um crente que rompe, que chega num ponto e rompe. Rompe na vida, nas finanças, nas questões que te prendiam, rompe com o pecado.

Mas infelizmente os crentes que rompem são minoria, e o que nós mais temos são crentes travados que não saem do lugar. Mas a pressão de Deus vem para te levar a ter poder.

- Poder que vence poder que rompe.

- A medida da pressão é a medida do poder.

- Sem pressão não há poder.

 

É preciso que você aprenda a lidar com a pressão se você quer algo na sua vida espiritual, porque pressão é algo de Deus, Ele usa isso.

Se você olhar a Bíblia, lá existem homens e mulheres que venceram quando aprenderam a lidar com a pressão, e é melhor que você também aprenda, porque ela virá sobre você até o dia em que você for pro céu.

O maior poder de Deus é o poder da ressurreição e esse é liberado quando Deus te leva a morte, agora você não recebe ressurreição se você não decidir morrer, no sentido de desistir de você mesmo e depender d´Ele. Enquanto você continua tentando, você foge do princípio da pressão e ela vai sendo dispersa.

 

Há cinco tipos de pressão:

1) Pressão do pecado:

É uma pressão constante na vida de todo crente. O que você faz com o pecado? A pressão aumenta e acumula quando a nossa posição diante do pecado é de indignação. A pressão não virá se você se acomodar com o pecado, mas quando você decidir não viver mais escravo dele você fecha a tampa e a pressão aumenta.

A liberdade completa do pecado acontece quando você confessa que não consegue deixar de pecar e se entrega a Deus confiantemente. Além de chegar diante de Deus reconhecendo que você não consegue, fracassado em suas tentativas, o que você tem que fazer é decidir depender d?Ele. Você estará sendo diante do altar de Deus alguém morto. Isto vai dar ocasião para Deus manifestar o maior poder que existe em toda a Bíblia, que é o poder de ressurreição.

Deus permite a pressão do pecado para que eu finalmente, quando estiver completamente entregue, com fé e confiança, experimente o poder de ressurreição que operou em Cristo Jesus.

 

Inimigos da pressão do pecado:

- Acostumar-se com um padrão baixo de vida cristã: Palavrões, mentiras, vícios, impurezas em geral.

- Protelar a decisão de lidar com o pecado, convivendo com a situação imprópria, se ambientando com ela.

 

2) Pressão da necessidade:

Se a necessidade não move você, ela não irá mover a Deus. Muitas pessoas pensam que Deus responde as orações por causa das promessas da bíblia, ou mesmo da fé e isso é verdade. Mas de fato uma oração só é respondida se houver pressão, se houver reais necessidades. Qual é o grau da sua necessidade? Se é uma necessidade a qual você pode continuar vivendo sem, se você pode protelar, esta necessidade não move você e Deus então não responde.

As reais necessidades são aquelas que nos fazem mover a orar profunda, constante e intensamente. São as situações onde realmente não temos saída e buscamos a Deus como a nossa única alternativa. Uma oração só é respondida se houver poder, se houver pressão. Orar desta forma não é fardo, mas sim alívio do fardo.

 

Inimigos da pressão da necessidade:

se acomodar e ter um problema crônico, resolver do seu próprio jeito e fugir da pressão, da presença de Deus; se abrir com as pessoas ao invés de ir pra Deus.

 

3) Pressão das circunstâncias:

A pressão de talvez parentes e amigos porque você se converteu, para você abandonar o seu padrão de santidade. O ímpio é massacrado pela perda e pelas circunstâncias.

E você como reage diante da pressão delas?

Você está onde está por causa de um ordenamento divino e Deus espera que você responda de maneira correta. O crescimento do cristão dependerá de como ele lida com o ambiente em redor e a profundidade da sua vida é dada pela habilidade que ele tem de lidar com pressões.

A pressão é para levar você a amadurecer, a crescer, a avançar. Pressão é poder!

Os inimigos das circunstâncias são:

  • Pedir para Deus remover o que foi dado por Ele;(Ora pedindo para Deus tirar o que Ele mesmo colocou, pelo Seu propósito divino para o seu crescimento).
  • Usar seus próprios meios; (Ex: Dívidas para resolver os problemas das circunstâncias).
  • Revoltar-se contra as pessoas; (O problema está sempre nos outros e nunca em você).
  • Acomodar-se com as circunstâncias; (Quais são as suas circunstâncias?)

4) A pressão da obra de Deus:

A obra, a necessidade das pessoas, a necessidade de frutificar, de ver o mover de Deus. Você morreu, ou você está tentando fazer alguma coisa?

Chega um ponto onde a pressão é sobre-humana e ela revelará se você de fato está a serviço de Deus; porque se a obra de Deus está acabando com você, é porque você está achando que é você que fará alguma coisa. Você está achando que é de você que as pessoas vão beber, que é de você que elas vão ter solução das suas necessidades e dos seus problemas, mas não vão. Você não faz diferença nenhuma na vida de ninguém no sentido natural.

Não há como ter êxito sem passar por experiências assim, porque são elas que te levarão a realmente depender de Deus. Quando você chega numa posição de morte dizendo: ?Deus, eu não consigo, não sou eu quem vai fazer isto?. Mas é mais do que uma entrega superficial. Isto vai produzir de fato uma obra que é de Deus.

 

Os inimigos da obra de Deus são:

  • Tornar-se um profissional;
  • Usar meios humanos;
  • Falsificar o mover de Deus e fugir.

 

5) A pressão do diabo:

Pressão de idéias que aparecem na sua mente, dúvidas sobre você, acusação constante. Somente o que você originou na sua mente é seu, o resto é do diabo. Você tem deixado Deus transformar em poder essas pressões ou você tem caído na dúvida toda hora?

Não pense que é por nada que Deus permitiu que você fosse pressionado pelo diabo, mas é que Deus quer produzir o maior tipo de poder que é o da ressurreição.

Precisamos nos tornar geradores espirituais e transformar a energia da pressão, na energia do poder. Aprenda a transformar pressão em poder, indo ao altar para aliviar as suas questões e saindo de lá com fé.

O maior momento de pressão de Jesus foi o Getsêmani. A pressão se torna poder quando você vem diante de Deus e se torna tentação quando você foge dele, assume as dificuldades ou não responde diante de Deus.

Que diferença entre o Jesus que entra no Getsêmani e o Jesus que sai!

Jesus foi pra cruz resolvido. Para transformar pressão em poder basta você morrer completamente para suas intenções e iniciativas e se achegar diante de Deus para descansar e confiar. (Ver Lucas 22:39?46).

 

Compartilhando a Palavra

1.Você está enfrentando alguma pressão na sua vida hoje?

2.Você foge das pressões ou encara cada uma delas?

3.Todos aqui, querem receber poder e maturidade? Se sua resposta for sim, então decida hoje, nunca mais fugir das pressões, mas encare cada uma delas pedindo ajuda de Jesus! 

BAIXAR



Espalhe por aí


Comentários
Deixe seu comentário